Informações importantes para contratar e usar bem seu plano de saúde

Mais Opções para o Consumidor de Planos de Saúde

Consumidor do plano de saúdeA Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) inicia, hoje, série de 12 colunas para abordar os principais temas inerentes aos planos de saúde e apresentar suas propostas para o desenvolvimento do setor. Nesta edição, o debate é sobre os modelos de produtos à disposição do consumidor. Para atender às necessidades de públicos distintos, a diversificação dos planos e seguros de saúde é crucial e urgente. Mas essa oferta inclusiva não é realidade no Brasil, onde as inúmeras travas normativas refreiam a expansão do mercado. Atualmente, são vendidos, no país, planos ambulatoriais e hospitalares – ou ambos –, que podem cobrir odontologia e obstetrícia. Esses produtos se distinguem pela rede prestadora de serviços e área de abrangência. Em resumo, há poucas opções.

A FenaSaúde defende, por exemplo, a oferta de plano com franquia e acumulação, no qual as despesas anuais até o valor da franquia são do beneficiário. Acima desse teto, a operadora cobre. Beneficiário, empregador – ou os dois – aplicam o valor em uma conta, que é acrescido de rendimentos financeiros. No futuro, o saldo capitalizado pode ser resgatado ou usado para pagar parte do plano, com incentivo tributário. Exemplo de sucesso é o HSA (Health Saving Accounts), nos EUA, com 15 milhões de usuários.

O sistema de franquias conscientiza contra o desperdício e propicia mensalidades menores, ajudando, ainda, a enfrentar os desafios que a demografia e o crescimento das despesas médicas impõem.

Forma simplificada do HSA no Brasil integra projeto de lei que tramita no Congresso: o VGBL Saúde, que acresce à mensalidade uma parte destinada à acumulação. No modelo, o consumidor pagará parte da despesa mensal com o plano, resgatando os valores dessa conta quando sair do mercado de trabalho. Mesmo contribuições mensais modestas custeiam mais de 60% da mensalidade por mais de duas décadas. São inovações que podem beneficiar a atual e as futuras gerações.