Informações importantes para contratar e usar bem seu plano de saúde

Novas tecnologias em saúde: foco no consumidor

A coluna desta semana, que encerra uma série de 12 publicações com a finalidade de discutir temas sensíveis do setor privado de saúde, aborda a incorporação de inovações tecnológicas ao Rol de Procedimentos e Eventos obrigatórios da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O crescimento dos custos em saúde é tendência mundial. Em 2013, as despesas assistenciais entre as associadas à Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), por exemplo, somaram R$ 35,7 bilhões – alta de 16,1% em relação ao ano anterior.

Diante do ritmo acelerado de inflação médica, muito superior à que mede os demais preços economia, a responsabilidade pela vitalidade do setor deve ser compartilhada, reunindo governo, agência reguladora, profissionais de saúde e beneficiários dos planos.

A indicação clínica, ou seja, quando um tratamento deve ou não ser prescrito, pode e deve ser objeto de análise crítica. Desperdícios e conforto do paciente, por vezes submetido a intervenções desnecessárias, são aspectos a serem avaliados. Afinal, qualquer valor adicional pesa sobre o plano de saúde, ou seja, no bolso do beneficiário.

É como ir ao supermercado: o consumidor sem controle diante das gôndolas terá problemas orçamentários. Mas tudo que está em oferta é realmente necessário? A proposta é verificar o que, de fato, a tecnologia cara produz em resultados de saúde extensivos à coletividade.

A decisão a ser tomada diz respeito a quando e em quais casos as inovações devem integrar as coberturas obrigatórias dos planos de saúde. Deve-se descartar, de imediato, as que produzem resultados clínicos inferiores aos alcançados por procedimentos que já existem. Quanto às que geram desfechos melhores e são mais caras, o questionamento é como decidir por sua incorporação. A proposta da FenaSaúde é constituir ou institucionalizar a avaliação por critérios de custo-efetividade ou custo-benefício, por meio dos quais estas decisões devem ser orientadas.