Informações importantes para contratar e usar bem seu plano de saúde

Notícias

Fique atento às doenças comuns durante o outono/inverno

Após altas temperaturas e clima bem quente durante o verão. O brasileiro sente com alívio a chegada do outono, lembrado pelo seu clima ameno e temperatura agradável, e também por ser uma das épocas mais comuns de doenças respiratórias, as chamadas doenças sazonais.

Nessa estação são comuns as quedas bruscas de temperatura e períodos de chuvas, ventos, secas e hibernação que ajudam o organismo a ficar mais vulnerável a esses agentes externos.

Jovens, crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas, que devido ao alto nível de poluição atmosférica e da baixa umidade do ar, estão mais suscetíveis a terem algumas dessas doenças.

É muito comum quando as pessoas sentem febre, tosse seca, pigarros, coriza, catarro amarelado, dores no corpo e fraqueza, elas se automedicarem. Porém, é imprescindível que ao sentir alguma alteração em sua saúde, a melhor opção de cuidado é o seu médico.

Doenças mais comuns

Essas doenças não possuem grandes riscos se cuidadas no tempo certo, do contrário, pode levar a pessoa à morte. Mas como já foi dito, nunca é bom tomar medicamentos sem uma prescrição médica. Agora, vamos conhecer cada uma de suas causas, sintomas e tratamento.

Gripe

Causada por um vírus chamado Influenza e transmitido pelo ar, a gripe afeta as vias respiratórias como o nariz, a garganta e pulmões. Não existe um remédio específico, apenas para alívio dos sintomas, que são febre, dores no corpo e na cabeça e inflamação nos olhos. O tratamento consiste em repouso, alimentação saudável e remédios para combater os sintomas.

Resfriado

Afetando o nariz e garganta, o resfriado é uma infecção leve. Assim como a gripe, não há remédio específico, apenas para aliviar os sintomas, os quais são coriza, espirros e febre baixa. Evite ficar em lugares fechados, o frio excessivo e bebidas muito geladas. Para o tratamento é necessária uma boa alimentação, repouso e líquido.

Pneumonia

É uma infecção um pouco mais forte, atacando parte dos pulmões ou inteiros. Pode ser consequência de um vírus ou bactéria, tendo como sintoma a tosse com catarro, dor no tórax. Febre alta, supor, calafrio e palidez. O tratamento é feito com antibiótico até a hospitalização.

Alergia

É o nosso corpo reagindo a alguma substância que nos cause desconforto, podendo ser até uma motivação genética. Nessas épocas do ano, as alergias são causadas devido ao mofo e poeira. Os sintomas são tosse, coriza, coceira nos olhos, na garganta e pele.  Neste caso, o tratamento é feito com antialérgicos (com base de cortisona) ou com vacinas. Deve-se procurar um médico especialista para descobrir a origem da alergia.

Asma

Essa doença fecha os brônquios, impossibilitando o ar de chegar até os pulmões. Os sintomas são falta de ar e “chiado” na respiração, causado por alguma alergia ou infecção nas vias respiratórias. O tratamento se dá por nebulização, bombinha de ar e medicação preventiva.

Bronquite

Acorre da mesma forma do que a asma. Seus sintomas são catarro, dor atrás do osso do pescoço, tosse seca, fadiga, mal-estar e febre. É causada por irritação a fumaça, fumo e infecção respiratória. Para o tratamento é utilizado expectorante, antibiótico e inalação. Caso, a situação se agrave, pode ser desenvolvido uma pneumonia.

Rinite

Inflamação não contagiosa das mucosas do nariz. Ela pode ser causada por uma alergia ou por alguma irritação à fumaça ou agentes ambientais. Seus sintomas são coceiras na boca, nos olhos e nariz, coriza, espirros e febre leve. Suas causas são mofo e a poeira. Para ficar livre da rinite, o tratamento é feito com antibiótico, antialérgico, descongestionante, antitérmico e analgésicos.

Sinusite

Essa inflamação não contagiosa atinge a parte interna dos seis da face, provocada por reações alérgicas, vírus ou bactéria. É comum a pessoa com sinusite sentir dor de cabeça, febre, tontura e ter o nariz congestionado. Para tratar essa doença, são utilizados analgésicos descongestionantes, antibióticos e antitérmicos.

Laringite

A região afetada é a laringe, ou seja, onde se encontram as cordas vocais. Pode surgir por um sintoma de bronquite, de outras infecções respiratórias, vírus, agressões ambientais, bebidas geladas ou aparecer sozinha. Causa tosse seca, rouquidão e não apresenta muitas dores. Antibiótico e repouso da voz são os tratamentos utilizados.

Faringite

Neste caso, temos a faringe, região da garganta entre as amígdalas e a laringe. Essa região fica muito sensível com sensação de estar arranhada, dificuldade para engolir e com pus. Além de ter febre e dor de ouvido. O tratamento é feito com pastilha, antibiótico e antitérmico.


Fuja desses problemas

Se liga nestas dicas para se prevenir dessas doenças.

  • Tome bastante líquido;
  • Evite lugares fechados e com bastante gente;
  • Limpe a casa para evitar poeira;
  • Evite produtos de limpeza com odores fortes;
  • Na hora do banho, evite a rápida mudança de temperatura;
  • Abra um pouco da janela, mesmo que no inverno.
  • Tenha uma alimentação saudável.