Informações importantes para contratar e usar bem seu plano de saúde

Notícias

Na contramão da crise

Odontologia shutterstock_257732602

O mês de outubro contabilizou 22,1 milhões de beneficiários em planos exclusivamente odontológicos. O que representa um crescimento de 1,27%, com 277,8 mil beneficiários a mais que no mês anterior.

Foram mais de 600 mil novos beneficiários nos últimos 12 meses. Especialistas do setor atribuem o cenário a fatores como uma maior conscientização sobre a importância da saúde bucal e os preços dos planos, muito mais acessíveis.

Ainda segundo especialistas, os planos básicos odontológicos, que incluem o rol mínimo determinado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), cobrem mais de 90% dos procedimentos. Essa cobertura mínima abrange diversos procedimentos, entre os quais: consultas, radiografias, fluorterapia, restaurações, raspagens e extrações. Mas, os procedimentos que necessitam de internação hospitalar não estão cobertos pelos planos odontológicos.

Saiba mais:

Perfil de quem adquire plano odontológico: 7 em cada 10 pessoas possuem um plano odontológico por meio do vínculo empregatício (os dependentes entram nessa conta) – são 16 milhões de pessoas do total de 22 milhões, ou seja, atualmente, 74,6% desse grupo. A faixa etária com mais beneficiários é a de 30 a 34 anos, com quase 3 milhões de pessoas (2.972.109).

Perfil do mercado: É um mercado que aponta tendência de crescimento. As mensalidades têm preços baixos. Houve acentuada melhora na prestação desses serviços. Além de maior conscientização do próprio consumidor da necessidade de promoção da saúde bucal.

Taxa de cobertura: 11,4% da população

Numero de procedimentos: 171 milhões em 2015. Cada beneficiário de plano de saúde realizou, em média, 7,8 procedimentos no ano.