Novidades do setor » Artigos

A Saúde Suplementar e o Sistema Único de Saúde(SUS)

o Sistema Único de Saúde e a Saúde Suplementar

Por isso, vamos conhecer um pouco melhor, como funciona seu plano de saúde e qual a relação dele com o Sistema Único de Saúde(SUS).

Você sabe o que significa Saúde Suplementar?

Preste bastante atenção, porque este serviço é procurado por um grande número de brasileiros: trata-se da assistência à saúde do cidadão garantida por empresas operadoras de planos e seguros de saúde, ou seja, fora do Sistema Único de Saúde (SUS).

Atualmente, o setor privado é responsável pelo atendimento de, aproximadamente, 70 milhões de pessoas em todo país.  O bom funcionamento desse sistema e sua sustentabilidade dependem de seus gestores, de políticas governamentais e do uso adequado dos recursos médicos pelos maiores interessados: beneficiários dos planos e seguros de saúde.

Segundo a Constituição Federal, promulgada em 1988, o sistema público tem a missão de universalizar o acesso à saúde. Isso quer dizer, portanto, que deve oferecer atendimento de qualidade a todos os brasileiros, beneficiários ou não de planos.

O sistema privado – composto de operadoras de planos e seguros de saúde, hospitais, laboratórios, clínicas, centros médicos, médicos, dentistas e outros profissionais e entidades – tem a finalidade de suplementar o Sistema Único de Saúde(SUS) na atenção à saúde.

Embora suplementares, os dois operam com base em princípios diferentes: Sistema Único de Saúde(SUS) é financiado pelas contribuições sociais, que também se destinam à Previdência, e atende a todos independentemente de terem feito contribuições. Já a Saúde Suplementar depende de se contratar, mediante pagamento de mensalidade, um plano ou seguro de saúde, voluntariamente e nesse caso o contratante (beneficiário) terá acesso ao que estiver estabelecido no contrato, que precisa estar em sintonia com as leis e normas da agencia reguladora.

A Saúde Suplementar reúne os serviços prestados por operadoras de saúde, assim classificadas:

Seguradora Especializada em Saúde

Medicina de Grupo

Odontologia de Grupo

Entidade Filantrópica

Autogestão

Administradora de Benefícios

Cooperativa

Os beneficiários devem fazer uso adequado dos serviços de saúde, evitando que o desperdício, o que encarece as mensalidades dos planos e pode inviabilizar o funcionamento do sistema privado no futuro.

Se você conhece alguém que tem o mesmo plano de saúde contratado por você e que faz mau uso dele, saiba que essa pessoa prejudica você e todos os demais participantes da carteira de clientes. Ajude a passar esta informação adiante e oriente.

Compartilhar

Vídeos

A Escolha do Plano de Saúde | Ligados no Plano Epi. 1 – Websérie

Prevenção

Judicialização

Notícias / Artigos

Telemedicina: entenda a regulamentação do atendimento médico pela Internet

15 de fevereiro de 2019

Em 13 de dezembro de 2018, o Conselho Federal de Medicina – CFM, órgão oficial que regula a atividade dos

+ Saiba mais

Cidadania em ação: saiba mais sobre a RESOLUÇÃO 439 de 2018 da ANS

5 de fevereiro de 2019

Entenda a norma administrativa que modifica o processo de atualização periódica do rol de procedimentos e eventos em saúde suplementar.

+ Saiba mais

Como Entender o Aumento das Mensalidades de Planos de Saúde | Versão 3

29 de janeiro de 2019

Nós, representantes das operadoras, reconhecemos as dificuldades dos brasileiros para contratar e manter planos de saúde. A questão é: O que

+ Saiba mais