Informações importantes para contratar e usar bem seu plano de saúde

Notícias

Os riscos do excesso das cesarianas e as vantagens do parto normal

shutterstock_206934916 cópia

A chegada das festas de fim de ano traz muita correria, afinal todos querem comemorar o Natal e o Ano Novo com seus amigos e familiares, mas também  há um crescimento no número de partos cirúrgicos marcados nesta época, justamente devido às férias e festas, por isso é importante lembrar os riscos acarretados pela antecipação do nascimento de bebês, fora do trabalho de parto, sem que eles deem sinal de que estão prontos.

 

É muito importante que as pacientes sejam informadas dos riscos de uma intervenção cirúrgica quando o tempo da gestação não é respeitado. Você sabia que o Brasil é um dos campeões em cesarianas de todo mundo? Segundo a Organização Mundial de Saúde, o índice razoável de nascimentos cirúrgicos é de 15%, porém, país encontra-se na faixa dos 55,5%.

A cesárea pode até ser a mais escolhida entre muitas pacientes, devido à agilidade cirúrgica em comparação ao tempo do parto normal, e também a dor, claro. Entretanto, é preciso que você conheça os riscos de uma cirurgia e as vantagens de se escolher o parto normal.

Quando você opta por uma cesariana, salvo em alguns casos, você também deve entender que a probabilidade do recém-nascido de ter complicações respiratórias imediatas é 120 vezes maior do que em partos normais. E ainda, se acontecer antes das 39 semanas de gestação, o bebê pode nascer antes de seu completo desenvolvimento pulmonar.

Os riscos não param por aí. Por volta de 25% dos óbitos neonatais e 16% dos óbitos infantis no Brasil estão relacionados à prematuridade, sendo um dos maiores fatores de risco para doenças e morte.

Contudo, se você quer realizar o sonho de ser mãe através de parto normal, saiba que as vantagens não são restritas apenas a você, mas é claro que também terá seus ganhos. O nascimento pelo parto normal aumenta o vínculo entre a mãe e o bebê, e o aleitamento é maior. Sem contar na recuperação, que é de aproximadamente três dias. Na cesariana pode acontecer em média de 15 dias.

Durante o parto normal, o bebê fica em contato com bactérias naturalmente presentes no canal vaginal da mulher, fortalecendo seu sistema imunológico e prevenindo o desenvolvimento de alergias e outros problemas de saúde no futuro.

Você tem o direito de ser informada e ser parte ativa na decisão do tipo de parto e das vantagens de se aguardar o tempo da gestação e, de preferência, aguardar o início do trabalho de parto, períodos em que o bebê está maduro.