Informações importantes para contratar e usar bem seu plano de saúde

Notícias

Pesquisa aponta que quem tem plano de saúde pratica mais exercícios físicos

Saúde e exercícios físicos

A pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2016 Saúde Suplementar – realizada pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) constatou que os adultos acima dos 18 anos que possuem planos de saúde praticam mais exercícios físicos (intensidade moderada por semana), em comparação com a população do Brasil – 42,3% contra 37,6%.

O Vigitel visa avaliar fatores de risco e proteção de determinadas doenças, como também a evolução desses indicadores, nos beneficiários de planos de saúde e na população brasileira que não possuem o beneficio.

Segundo o levantamento sobre exercícios físicos, o percentual de beneficiários que considera não estar com a saúde  boa é 40% menor do que a população brasileira, ou seja, a percepção dos que possuem o serviço é de 2,6% contra 4,4% dos que não possuem.

Quando relacionamos a faixa-etária dos adultos com 65 anos ou mais da população brasileira com os da mesma faixa dos usuários de planos de saúde, este percentual é de 7,5% para 3,9%, respectivamente. Isso corrobora com a pesquisa de Longevidade lançada pela FenaSaúde em outubro do ano passado, o levantamento concluiu que 64% dos entrevistados avaliam como ‘bom ou ótimo’ a sua saúde.

Um dado interessante e feito pela primeira vez, em oito anos, o Vigitel analisou o comportamento social dos brasileiros detentores de planos de saúde, a fim de saber quanto tempo livre é dedicado ao uso de computador, smartphones ou tablets, entre outros indicadores. Entre os entrevistados com frequência mínima de uso por três ou mais horas diárias nessas plataformas digitais, o resultado foi de 19,5%, sem diferenciação de sexo.

A pesquisa foi realizada, entre os meses de fevereiro e dezembro de 2016, em todas as 26 capitais dos estados brasileiros e no Distrito Federal, com o objetivo de coletar informações da população adulta, acima de 18 anos de idade, residentes em domicílios com no mínimo uma linha telefônica fixa. Foram realizadas 53.210 entrevistas, sendo 20.258 do sexo masculino e 32.952, feminino. Destes, 29.838 possuem plano de saúde.